Redação Maricá Publicidade 1200x90
02/03/2020 às 09h01min - Atualizada em 02/03/2020 às 09h07min

Chuvas deixam famílias ilhadas em Maricá e Defesa Civil realiza os resgates

Devido às chuvas que caem na cidade desde sábado (29/02) a Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Maricá segue atuando por todo o município no atendimento a ocorrências, monitorando áreas de risco e isolando locais afetados que oferecem algum tipo de perigo á população. Diante do exposto, a partir das 12h30 deste domingo (01/03) foi decretado estágio de atenção.

De acordo com a pasta durante a noite de sábado (29) houve o registro de chuva fraca a moderada nos pluviômetros pertencentes ao “Alerta de Cheias” do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), sendo mais intensa durante a manhã, gerando acumulados pluviométricos em 24 de 64,6mm e 17,6mm nas estações Mumbuca e Barra de Maricá, respectivamente, as 12h30 do dia corrente.

“Só tivemos três chamados e estamos rodando toda a cidade, mas até o presente momento felizmente sem maiores problemas”, disse o secretário de Proteção e Defesa Civil, Celso Neto. “É importante destacar que a população já foi informada por SMS disparado pela Defesa Civil quanto a mudança para o estado de atenção”, frisou o secretário.

Uma das primeiras ocorrências registradas foi no bairro rural do Espraiado, onde pessoas que participavam de um evento espiritual ficaram ilhadas, mas em ação conjunta com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro foram devidamente resgatadas.

Outro chamado foi em São José do Imbassaí, próximo a Arena São José que, segundo a própria Defesa Civil é um local recorrente do qual já existe um projeto para solucionar eventos de alagamento entre as ruas 12 de Julho e 31 de Março.

“A Defesa Civil esteve aqui, fez fotos do local e garantiu que notificaria o Copo de Bombeiro para auxiliar com uma bomba a retirada da água e que cobraria da Somar uma solução definitiva. Estamos confiantes e no aguardo dessa solução já que só em fevereiro essa  é a terceira vez que aqui alaga”, contou Marcelo Borges Delgado,  de 44 anos, morador de São José do Imbassaí há quase 10 anos.

Um terceiro chamado foi em Itaipuaçu, no qual uma família foi orientada por agentes da Defesa Civil a procurar um local seguro.

Fonte: PMM
Fotos: Divulgação/ Prefeitura


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://redacaomarica.com.br/.
Redação Maricá Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp