Redação Maricá Publicidade 1200x90
25/03/2022 às 20h38min - Atualizada em 25/03/2022 às 20h38min

Itaipuaçu: Defesa do Consumidor e ANP voltam a fiscalizar postos de combustíveis

Fonte: PMM
Foto: Evelen Gouvêa

Uma nova ação conjunta entre a Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Defesa do Consumidor, e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) fiscalizou postos de combustíveis do bairro de Itaipuaçu nesta quinta-feira (24/3). Desta vez, a operação foi um a espécie de aula prática para a equipe do Procon-Maricá, que participou nesta semana de um curso de capacitação voltado para este setor. O grupo passou por três estabelecimentos da região e, assim como na ação realizada há dez dias, não encontrou qualquer irregularidade.

Durante a fiscalização, os agentes analisaram itens como a qualidade do combustível vendido e a real quantidade fornecida pelas bombas, além de avalições gerais dos equipamentos e da documentação de cada posto. Toda a ação foi acompanhada pelo coordenador de fiscalização da ANP, Ary Bello, que já havia ministrado aulas teóricas na sede da agência, no Rio.

“O que ensinamos é como aferir a qualidade e a quantidade corretas do combustível que o consumidor está comprando. Este grupo de fiscais agora está apto a realizar essas ações de forma autônoma com o nosso aval”, garantiu o coordenador do curso, explicando que, quando alguma irregularidade é constatada, como adulteração do combustível, o posto pode ser notificado ou até interditado dependendo da gravidade do problema encontrado. “Aqui em Itaipuaçu, não encontramos quaisquer itens fora do padrão nos postos que visitamos”, reforçou.

Para Marcus Sampaio, que é um dos coordenadores da fiscalização do Procon-Maricá, a capacitação é importante para que o município tenha uma vigilância permanente sobre este setor, além dos demais onde já atua como restaurantes e supermercados. Ele também comentou os resultados das análises dos combustíveis. “Saber que os postos daqui estão trabalhando dentro dos padrões exigidos e que nós estamos fiscalizando é algo que deixa o consumidor mais confiante. Com essa capacitação, poderemos ter ações mais constantes em nossa cidade”, disse Marcus.

Quem administra os estabelecimentos de combustíveis também considera importantes as ações de fiscalização. “Tem de fazer mesmo para todos verem que o que vendemos tem qualidade. Isso traz um alívio para quem abastece”, ressaltou Fernanda Sobreiro, responsável por um posto que atua há cerca de 15 anos no Barroco.

Em outra unidade, aberta há pouco mais de um mês ao lado do terminal rodoviário de Itaipuaçu, o gerente Rodrigo Silva de Oliveira apontou que uma mídia negativa pode influenciar o consumidor na hora de abastecer. “Por isso é importante ter essa fiscalização para mostrar que existe vigilância constante e que existe qualidade no combustível”, avaliou ele.

Os números para denúncia da Secretaria de Defesa do Consumidor e do Procon-Maricá são 2634-1342 ou 97235-7207 (também WhatsApp).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://redacaomarica.com.br/.
Redação Maricá Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp