11/10/2019 às 16h00min - Atualizada em 11/10/2019 às 14h18min

Defesa Civil promove novo curso de Gestão de Risco de desastres geológicos na Emar

A Prefeitura de Maricá, através da Secretaria de Proteção e Defesa Civil, está realizando um novo curso de Gestão de Risco de Desastre Geológico, em parceria com o Serviço Geológico do Brasil – CPRM. A capacitação, que acontece na Escola Municipal de Administração Maricá (Emar), conta com 70 alunos vindos de diferentes estados e diferentes municípios do Rio de Janeiro, são profissionais do Pará, Distrito Federal, Espírito Santo, Silva Jardim, Saquarema, Rio das Ostras, Niterói, Itaboraí, Casimiro de Abreu e Rio Bonito.

“O curso tem duração de 32 horas, começou nesta terça (08/10) e vai até a próxima sexta-feira (11/10). Serão abordadas temáticas voltadas para gestão de risco geológico e haverá também uma aula de campo no Bairro da Amizade, onde eles poderão ver muitos dos riscos que existem dentro do município, que são as cicatrizes, as obras irregulares, e tudo o que potencializa estes problemas”, afirmou o coordenador da Defesa Civil, major Wellington Silva.

De acordo com o geólogo Jorge Pimentel, do Serviço Geológico do Brasil – CPRM, as aulas foram elaboradas com foco na capacitação dos agentes municipais, principalmente de Defesa Civil, no entendimento dos processos geológicos e hidrológicos, visando a prevenção de desastres naturais. “Este curso é ministrado pelo Serviço Geológico do Brasil desde 2006, ele faz parte da grade da Escola de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro, e está é a quarta edição que realizamos aqui em Maricá”, disse Jorge, ressaltando a importância da atividade.

“Ela traz conceituações e o entendimento dos processos geológicos que podem causar danos para população, visando que a Defesa Civil e seus técnicos tenham capacidade de resposta e principalmente de prevenção”, concluiu Jorge.

Aluna do Distrito Federal, a Coronel Ester dos Santos falou sobre suas expectativas. “A minha coordenação, dentro da Defesa Civil do Distrito Federal, trabalha diretamente com o mapeamento de área de risco, então o assunto é bem pertinente para nós. O curso traz todo a experiência do Serviço Geológico do Brasil, que mapeia vários municípios, este conhecimento é extremamente importante para agregar à nossa metodologia, e até para unificar a metodologia de mapeamento utilizada no país”, destacou.

Fonte: PMM


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://redacaomarica.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp