Redação Maricá Publicidade 1200x90
03/02/2023 às 13h40min - Atualizada em 03/02/2023 às 13h39min

Em Maricá, mais de duas mil castrações de animais foram realizadas em 2022

Com a criação do Mumbucão, campanhas educativas e de adoção de cães e gatos, além de ação de sustentabilidade foram alguns dos destaques do órgão no ano passado.

- redacaomarica.com.br
Fonte: PMM
Foto: divulgação



A Prefeitura de Maricá, por meio da Coordenadoria Especial de Proteção Animal (Cepa), realizou diversas ações e campanhas educativas em 2022 voltadas para a proteção e o bem-estar de cães e gatos da cidade. Com a ampliação do programa de controle reprodutivo, a Cepa realizou o total de 2.229 castrações, sendo 1349 em cães e 880 em gatos, além de 1.736 avaliações pré-operatórias para as castrações futuras.


A Cepa desenvolveu ainda campanhas mensais de adoção de animais e de conscientização sobre abandono, que aconteceram em parceria com protetores, moradores e comerciantes. Além disso, o órgão promoveu também capacitações gratuitas para veterinários e estudantes de veterinária da cidade. A 1ª Semana da Proteção Animal foi realizada em outubro com uma série de ações voltadas para o bem-estar animal, como vacinação, castração, campanha de adoção, showdog, concurso de fantasia, além de palestras educativas para protetores e alunos da rede de ensino.


Em dezembro de 2022, o projeto de lei que criou o programa “Mumbucão” foi aprovado pela Câmara de Vereadores. O benefício é voltado para protetores e adotantes de cães e gatos nas campanhas de adoção promovidas pela Cepa no município. O projeto consiste no pagamento de 70 a 130 mumbucas (equivalente a 70 a 130 reais), dependendo do porte do animal, por até um ano como auxílio. No caso dos adotantes, apenas os cadastrados no CadÚnico terão direito ao benefício.


O coordenador especial de Proteção Animal, Fabiano Novais, comemorou os números alcançados no ano passado. “A Coordenadoria está em desenvolvimento e atuando em diversas frentes. Atingimos todas as metas em 2022 e as perspectivas são ainda maiores para 2023. A Coordenadoria Especial de Proteção Animal está focada nos objetivos a serem realizados e, assim, conseguiremos ter uma população mais consciente e nossos animais tratados com mais dignidade”, disse Fabiano Novais.


 


Mais de 300 animais adotados em 2022


 


Ao longo do ano passado, foram realizadas 318 adoções de cães e gatos em 2022, um aumento de 7% em relação a 2021, quando 297 animais foram adotados. Em parceria com o Shopping Boulevard, no Centro, a Coordenadoria Especial de Proteção Animal, realiza todo o terceiro domingo de cada mês a campanha de doação de animais, que disponibiliza para adoção animais, filhotes e adultos, que são resgatados das ruas, numa parceria com o shopping e com protetores do município. Desde 2017, mais de 800 animais já foram retirados das ruas e adotados.


A Cepa também disponibiliza a campanha de adoção on-line pelo Instagram, Facebook ou WhatsApp. As redes sociais são as ferramentas que conectam a coordenadoria e os protetores autônomos de animais aos possíveis adotantes. Segundo o coordenador Fabiano Novaes, embora as campanhas de adoção aconteçam presencialmente no Centro e com os parceiros, nem sempre as pessoas podem ir, por isso é importante manter o serviço online de forma contínua.


Todos os animais são vermifugados, os adultos castrados e os filhotes têm castração garantida aos seis meses de idade pela coordenadoria. Interessados em adotar um amigo devem entrar em contato pelas redes sociais da coordenadoria (Facebook: Proteção Animal Maricá; e Instagram: @cepa.marica) ou pelo WhatsApp (21) 99546-0334, das 8h às 17h.


 


Ação de sustentabilidade


Além das castrações e das feiras de adoção, a Coordenadoria Especial de Proteção Animal (Cepa), em parceria com a ONG Rio Ecopet, desenvolve campanha de sustentabilidade para recolher tampinhas plásticas e lacres de alumínio e trocá-las por ração para cães e gatos de protetores cadastrados no município e animais de rua. A iniciativa foi criada também com foco na preservação do meio ambiente e tem apoio das secretarias de Agricultura, Pecuária e Pesca e Cidade Sustentável e da autarquia de Serviços e Obras de Maricá (Somar). O objetivo é recolher, mensalmente, cerca de uma tonelada de tampinhas plásticas


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://redacaomarica.com.br/.
Redação Maricá Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp