08/10/2019 às 14h16min - Atualizada em 08/10/2019 às 14h21min

Proteção Animal realiza “cãominhada" em defesa dos animais

Em alusão ao Dia Mundial dos Animais, celebrado no último dia 04 de outubro, a Coordenadoria de Proteção Animal realizou no domingo (06/10) uma “cãominhada” em defesa dos animais. Realizado na Lona Cultural da Barra de Maricá, o evento contou com a presença de tutores e protetores de animais e com a palestra de uma especialista em comportamento canino.

No local, 15 animais entre cães e gatos ficaram disponíveis para a adoção. “Quero agradecer a presença de todos no evento e estou muito feliz de ver as pessoas aqui pensando na causa e defesa dos animais”, declarou a coordenadora da pasta, Milena Costa.

Especialista em comportamento canino, Luana Paternoster foi ministrar uma palestra para ajudar o tutor a lidar com seu cachorro. Em alguns casos, é a primeira vez que a pessoa adota um cão e não sabe como adestrar. “Os cães fazem parte de nossa família, mas às vezes são esquecidos que são cães e têm seus instintos. Às vezes temos que saber as necessidades do animal para que a convivência fique mais harmoniosa possível dentro do lar”, explicou.

Participando da ação, o casal Joelson Travassos, de 40 anos, e Luciana Moreira Travassos, de 42 anos, levou a labrador Kira. Resgatada em Cachoeira de Macacu, os tutores souberam que ela estava malcuidada em um canil, com carrapato, magra, sem ninguém para adotar e ia ser abandonada.

“Já queríamos um cachorro com porte médio e a trouxemos. Temos três fêmeas e mais uma gata. Tentamos fazer o máximo que pudemos para ajudar”, contou o pintor. “Falta conscientização das pessoas para a castração. Muita gente não entende que o procedimento é uma questão de saúde pública. Animal sem tratamento pode transmitir doença para o ser humano também. Se não castrar, a população aumenta cada vez mais”, recomendou a agente educacional, Luciana Moreira.

Pela primeira vez no evento, Diego Richard, de 26 anos, levou seu pittbul para participar da “cãominhada”. “É importante pela valorização dos animais. Acompanho os Instagrans de quem é protetor e vejo muitas fotos de denúncias sobre maus-tratos. É importante que as pessoas se conscientizem e que tenha mais eventos como esse”, destacou.

FONTE: PMM


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://redacaomarica.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp